Quinta-feira, 3 de Novembro de 2005

Sonho de um entardecer de Inverno … (Sonho VIII)

teusbeijos.jpg


Surgistes do nada sem ser esperado


Nessa espera tardia dos vencidos


E eu quis inventar-te logo ali


Na exacta medida do meu tempo…


 


Em teu corpo latejante e destemido


Na tarde sóbria e soalheira desse Inverno


Pressenti a tempestade anunciada


No fogo do azul índigo, perturbante…


 


Sorri, pretensiosa, ao teu olhar


E nele vi urze, sol e cotovias


Sem cuidar que dos acasos somos cúmplices


E nas escolhas condenados sem grilhetas


 


Antevi a tua boca sussurrante,


Em queda livre colar-se ao meu ouvido


Nesse breve entardecer em que os amantes


Premeiam a loucura e os sentidos


 


E no ardor da chama embriagante


Fostes abismo, delírio e fantasia


Devaneio em turbilhão que tudo arrasta


Desalinho intemporal que não resiste


 


Foi decerto arredio o nosso encontro


Mas de tão esquivo, profundo na estocada


Porque há sonhos insuspeitos à chegada


Cruéis como a noite mais gelada


 


@utora: Essa_Miúda - Outubro 2005

publicado por igara às 13:03
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Anónimo a 11 de Novembro de 2005 às 11:09
olha, eu não fiquei surpreendido. E não fiquei porque nunca me tinha cruzado contigo. Mas fiquei agora a conhecer uma das tuas facetas: a de poetisa. E atrevo-me até a dizer que, das boas. Gostei do teu poema. Gostei da forma e gostei do conteúdo. Muito sentimento como convém, e muita poesia como se impunha. Da maneira como o descreveste, não tenho duvidas que se tenha tratado de um entardecer que ficará marcado na tua memória. Seja ele real, o mera ficção. A ficção também tem muito de realidade. A NOSSA. Beijinho Pinochio
(http://www.cantodoscontos.blogs.sapo.pt)
(mailto:pinochio@sapo.pt)


De Anónimo a 6 de Novembro de 2005 às 23:05
Pois a mim não me surpreendeste nada...E também já te leio há muito e muito tempo no chat... :)
Muito boa essa poesia. Surpreendeste-me mas não pela comparação á tua postura no chat... Surpreendeste-me pq me deslumbro sempre com coisas bonitas.
Parabéns Essa. bjspluma(princesavirtual)
(http://www.princesavirtual.blogs.sapo.pt)
(mailto:plumacaprichosa@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Novembro de 2005 às 22:33
Olá Miúda:-)
escreves lindamente os meus Parabéns!!:-)
aceita um beijo terno:-)Paulo
(http://poesialusa.blogs.sapo.pt)
(mailto:paulocesarnunes@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2005 às 12:36
Ohhhhhhhhhhhhhh Essaaaaaaaaaaa anda cá ler isto....
Por onde começar?...
Concordo plenamente com os comentários atrás escritos.A ESSA surpreendeu-me,estou de queixo caído, despiu a pele de loba (tb fui vítima algumas vezes das suas garras no chat)e tornou-se na pessoa que eu julgo que realmente é: doce,meiga, sensivel,amiga do amigo... tenho razão? Acho que sim, pela curta conversa de apresentação virtual que tivemos á dias a ESSA era outra.
Quanto á poesia:
Comecei a ler este magnífico poema, desatei-me a rir á gargalhada supondo encontrar no final algum lençol perdido...

Essa, apenas divinal este texto, identifico-me com ele. Há palavras comuns entre o teu e a minha almofada. Isso é sinal de sentimentos parecidos.
Nunca desistas dos teus sonhos, e escreve-nos, será sempre um prazer ler-te.....
Um beijo gandi e um xiiiiiiiiiii coração.... Mao
(http://RIMASPOEMASEBONECOS.BLOGS.SAPO.PT)
(mailto:MAO_SU_LEU@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2005 às 09:10
Está mto bonito o poema...conconrdo plenamente com o ke a feiti escreveu.Jocasjenny55
</a>
(mailto:jenny55@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Novembro de 2005 às 16:48
Ninas... vá lá, assim deixam-me embaraçada, a chorar que nem uma Madalena... E a Essa não é nada de sentimentalismos exarcebados (até parece que não...)Obrigada por terem publicado, lido e comentado))Acho que podia estar melhor, já tenho deitado no lixo "coisas mais piegas"! Beijokas pra todas )))Essa_Miuda
(http://www.riscosrimasebonecos.blogs.sapo.pt)
(mailto:Essa_Miuda72@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Novembro de 2005 às 16:13
Miúda...por acaso, já tinha reparado q deves ser uma pessoa sensivel. Pk a forma sarcástica q mtas vezes fazes questão de salientar nas tuas resposta ao pessoal q se mete ctg no chat, é de certeza a arma q usas em defesa pessoal... agora confirmei as minhas suspeitas, és de facto sensivel, e fico feliz por dares a conhecer este teu lado...O teu poema tá mt bonito, parabéns... e lembra-te: um encontro por mt suspeito q seja, pode mudar a nossa vida...basta apenas um olhar ou uma palavra, e nunca mais serás a mesma, tornando a nossa escolha, numa batalha de sentimentos apenas te posso desejar q lutes até ao fim... não para venceres uma batalha....mas para ganhares a guerra, Sê Feliz... um beijo...A.Feticeira
</a>
(mailto:A.Feiticeira@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Novembro de 2005 às 13:53
Sim, Essa...também me surpreendeste. Mais um talento descoberto neste nosso blog. Gostei muito do poema. Intenso. Acho q depois dos acontecimentos dos últimos dias ainda deves estar com a veia mais apurada. Escreve! Acho que ainda podes surpreender mais. Fico á espera. Beijo especial para ti (acredita que não estou a ser sarcástica).susana
(http://bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:susana-silva3@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Novembro de 2005 às 13:12
Fiquei surpresa ao ler-te desta maneira. Ao longo de tanto tempo que nos cruzámos em conversas triviais no chat, jamais te imaginei, numa escrita desta intensidade. Adorei que tivesses aceite o nosso convite, porque decididamente, foi uma forma de te ler noutra prespectiva que certamente irá deixar muita gente surpresa. Adorei o poema espero que tenhas gostado da imagem... beijos grandes ::))) igara
(http://www.bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:igara@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Mudei-me!!!!!

. Ora bem.....

.

.

.

.

.

.

.

.

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds