Quarta-feira, 26 de Outubro de 2005

ENTREGAS

adorandoosol.jpg

Procuro nas memórias pensamentos


Que cheguem como as águas do meu Mar


Que me tragam pensamento convergentes


Que me digam o porquê do meu pulsar


 


Procuro a tua boca que me beija


Que me toca na pele com tal doçura


Que me faz tremer a cada toque


Que enche a minha vida de ternura


 


Procuro o teu corpo que me enlaça


Que pinta a minha vida de alegria


Que sacia o meu corpo que te busca


Que impele a amar-te mais a cada dia


 


Procuro apenas ter a tua entrega


Procuro dar-te parte do meu Ser


Procuro saciar os nossos corpos


Que anseiam por dar e receber!


</center></blockquote>
publicado por igara às 11:16
link | favorito
De Anónimo a 26 de Outubro de 2005 às 12:23
Este teu poema define-se em duas palavras. VIDA e AMOR. Tu está viva. Tu amas. Por isso tu DESEJAS. É simples não é?Pinochio
(http://www.riscosrimasebonecos.blogs.sapo.pt)
(mailto:mamito@sapo.pt)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Mudei-me!!!!!

. Ora bem.....

.

.

.

.

.

.

.

.

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds