Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

Em Silêncio

detalhes.jpg

 

Lá do alto consigo ouvir a musica do oceano.

 

A água a bater na praia rochosa, canta só para mim.

 

Fecho os olhos e respiro fundo, relaxando cada vez mais á medida que respiro.

 

O calor começa a preencher o meu corpo, vindo lá do fundo onde reside a minha alma.

 

O calor aumenta,

 

Mais,

 

E mais,

 

Enquanto sinto o corpo a flutuar.

 

Como se estivesse a voar, sinto-me subir.

 

Para cima.

 

Para o alto.

 

Mais alto.

 

Como se estivesse a levantar voo.

 

Já não sinto os pés no chão, foi substituído pelo vento a soprar através dos dedos dos pés.

 

È um vento acariciante, uma brisa suave, confortável.

 

Agora o calor dentro de mim é mais forte, e parece envolver-me, de dentro para fora,

 

E de fora para dentro.

 

O calor e o vento, juntam-se como amantes.

 

Confortando – Abraçando – Vivos.

 

Agora sinto dedos, acariciando a cara.

 

Um roçar amoroso na fronte,

 

Depois nos olhos,

 

Na bochecha,

 

Nos lábios,

 

No pescoço.

 

È impossível descrever por palavras, apenas existem emoções agora.

 

Sentimentos de submissão, de entrega a este prazer.

 

O meu prazer – o nosso prazer.

 

Os dedos do vento abraçam os meus ombros, e sinto-me seguro.

 

O calor que vem de dentro traz tranquilidade, a este momento agradável.

 

Sinto os dedos a acariciar os braços, o calor sobe rapidamente pela espinha.

 

A paixão tem muitas formas, mas esta é a mais completa.

 

O calor e o vento abraçam-me, apertando-me.

 

Deixo sair um suspiro de contentamento, e concentro-me em cada detalhe deste momento.

 

A minha respiração acelera-se.

 

E o meu corpo rende-se ao teu toque.

 

@utor: Man_Of_Adventure 
publicado por igara às 14:45
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 21:21
Man, não podia deixar de comentar... comentar o que tu já sabes... gostei do que li. Sorrisos.Lobaaaaaaaaaaaaaaaaa
</a>
(mailto:celiasousa@msn.com)


De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 19:18
Muito interessante, este teu texto...Parabéns!A.Feiticeira
(http://misteriosnocturnos.blogs.sapo.pt/)
(mailto:A.Feiticeira@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 12:17
A palavra é tempo, o silêncio é eternidade...um abraçoTacitus
(http://tirosnoescuro.blogspot.com/)
(mailto:nunovinhas@gmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 21:27
Nada mais solta a alma que sentir uma brisa no rosto, no corpo...fechar os olhos nem que sejam por breves instantes e deixar o vento levar-nos nos seus desvaneios és das sensações mais puras que se pode alcançar. Mil ondas te abracem em tom de carinho!Beijinhos e bom inicio de semana.neith
</a>
(mailto:Neith@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 12:07
Há rendições que são vitórias, como esta que nos descreves. Eu por mim rendo-me a esta prosa poética, ou poema em prosa, o que achares melhor. Parabéns... Um abraço ;)Vlad
(http://naoha3semduas.blogs.sapo.pt)
(mailto:thevlad@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2006 às 15:06
Á semelhança do Vlad, ó deuses, onde se lê disperto, deveria de se ler desperto...eu e a mania das pressas...tsssss tsssss tssssssssigara
(http://www.bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:igara@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2006 às 14:57
Man, há elementos que me fazem ouvir silêncios, e neste texto, revi-me em alguns desses elementos. Gosto de silencios sensitivos, os que se buscam nos elementos, e que nos preenchem por vezes, mais que gestos e afagos. Escutar o bramir do mar e sentir na pele afagos do vento, renova-nos, e leva-nos a pensar que a paz está sempre perto, e que a paixão pode surgir de tantas formas, bastando para tal estar apenas atento e disperto. Gostei muito de te publicar aqui. Soube desde o principio, que a nossa sintonia, tinha a ver com a forma como te sentia, e agora entendo melhor o porquê de te sentir assim.Beijos grandes e abracinhos ainda maiores. ::)))igara
(http://www.bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:igara@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Mudei-me!!!!!

. Ora bem.....

.

.

.

.

.

.

.

.

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds