Terça-feira, 31 de Maio de 2005

Era uma Vez (uma história de amor)

Diogo.jpg


Era uma vez o Mar! O Mar era tão grande que achava poder tocar o Céu. Todos os dias ele tentava, a todo o custo, mas as marés, cada vez mais fortes, acabavam por desistir. Aquele desejo de tocar o Céu transformou-se em Amor. Era um Amor maior que qualquer maré, maior que o próprio Mar. O Céu começava a desejar tocar o Mar, mas os ventos e as marés não foram feitos para se tocarem. Foi então que o Horizonte, cansado de tanto desencontro, decidiu falar para acalmar Céu e Mar: - Eu sou o Horizonte, e quem a través de mim olhar, não saberá distinguir onde termina o Mar e começa o Céu. É através de mim, e porque assim tanto o querem, que irão permanecer juntos, de forma tão infinita, como eu o Horizonte o Sou. "É por isso que eu sei, quando olho para o Mar, que apesar da distância que o separa do Céu, eles se encontram sempre no Horizonte!"
@Diogo, Janeiro de 2003 (6 anos)
publicado por igara às 16:07
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 15:20
Adoro historias de amor... E esta aqui fez-me chorar confesso. O meu afilhado diria q sou uma "chorona", as minhas amigas diriam q sou uma "exagerada", eu acho apenas q m é de todo impossivel ñ chorar sentindo (lendo) algo tão lindo. Mais ainda qdo descobri q é algo escrito por um bebé de 6 aninhos. Estou a gostar mto do q estou a descobrir por aqui e vou continuar, qual descobridor portugues, por este blog ñ antes navegado (por mim) hihihi Bjinhos de borboleta e esquimó pra o Diogo e xi coração para tiSoninha e Joao
(http://www.supergoldenworld.blogs.sapo.pt)
(mailto:costasoninha@iol.pt)


De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 10:41
Diogo
Fiquei fascinado com o texto lindissimo que escreveste.É espantoso como uma criança da tua idade é capaz de sentir e de escrever coisas tão bonitas e com tanta lucidez. Conserva, e apura ainda mais, esse dom precioso que Deus te concedeu, de veres sempre o lado mais bonito de tudo aquilo que te rodeia, e continua a partilhar connosco as tuas emoções e a tua poesia.
Atrvo-me no entanto a deixar-te aqui um conselho. Tu és um menino sobredotado, disso parece não haver duvidas, mas és ainda um menino. Conserva-te menino o mais tempo possivel. Direi mesmo, guarda um pouco desse menino que és, para te acompanhar durante toda a tua vida. A tua mãe, fantástica, não deixará de teajudar a consegui-lo. E continua a sr o poeta que já és.
Um beijo carinhoso deste mentiroso incorrigivel, que, vá lá saber-se porquê, resolveu agora falar verdade.
PinóquioPinóquio
(http://www.riscosrimasebonecos.blogs.sapo.pt)
(mailto:gcduarte@netcabo.pt)


De Anónimo a 1 de Junho de 2005 às 10:24
Cada vez que tenho o prazer de reler estas palavras, tenho cada vez mais a certeza de que as crianças são muito, mas muito subestimadas. Elas sentem as coisas e têm uma capacidade descritiva fenomenal... O Diogo é um doce, ele tem este dom. Beijos para o Diogo e para aquela mãe tão especialpataininiti algarvia
</a>
(mailto:pataininiti@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Junho de 2005 às 09:24
Lindo nem eu q tenho mts mais consigo escrever dessa forma :) Passo
</a>
(mailto:Passodianisto@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 17:24
Magnifico... ! ( fiquei sem palavras ) :)Cass
</a>
(mailto:karen_k84@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 17:12
Puro, inocente e muito sensível, palavras como estas fazem-nos querer continuar a ser criança.:)Gonças
</a>
(mailto:goncalomrodrigues@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 16:43
Bravo! Se eu escrevesse assim aos 6 anos, de certeza que agora vendia mais livros que o Paulo Coelho. K sensibilidade...Beijinho para o Diogo.susana
(http://bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:susana-silva3@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Mudei-me!!!!!

. Ora bem.....

.

.

.

.

.

.

.

.

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds