Terça-feira, 31 de Janeiro de 2006

...


entardecer.jpg

Sempre, aos domingos.

Abraçados, eu e estes restos de tarde

num conluio de silêncios a espreitar

do fogo e do azul a folia.

Queda-se ainda o olhar turvo

na fresta do sobejo do dia

à hora do manto da rainha.

Muito ao longe, dobram os sinos

pela morte do dia, e nós aqui,

de coração atado entre-portas,

enfiamos contas incertas e floridas

no colar de nós de tempo.

Estremece a fé nestas horas de lume e prata

e contudo, incorpóreos,

desfiamos o rosário da vida.

No chão de urze das almas inquietas

chovem às vezes pétalas de ternura

oferenda de um resto de Deus

para o caminho.....onde as mãos

se abrem a outras mãos,

e são lenha a crepitar na fogueira,

a oração muda entoada num só peito.

Antes da palavra, rolará uma lágrima

pelo abraço que se sabia.

Antes da Palavra e do Verbo

as almas cansadas pisarão o mosto,

amassarão o sonho..

e no silêncio cumprirão a profecia!

À mesa sempre posta da vida...levarão o pão e o vinho.

 

 

 Autor@: Dolce-Fare-Niente
</blockquote>
publicado por igara às 11:54
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 19:20
Faço de ti meus fins de tarde, comovo a noite nessa procura de ti, saio à liça de tocaia, para, tão simplesmente desocupar estas mãos que buscam outras.
Efémeros sorrisos, passos lavrados na alma, como pegadas que deixamos nessa praia por nós inventada. Não tardemos,... vem só,... doce!
Esperam-nos bandos de querubins ...ciosos das suas cornucópias, mágicas..que dão a noticia a um mundo, imperceptível para os comuns, mas de onde somos por direito.
Parabéns, por tudo e por nada, bem sei como transformas as imagens em palavras, ))))VolDeNuit
(http://nada)
(mailto:gabriel2000@clix.pt)


De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 11:19
Muito gracioso, Dolce. Escreves com tanta emoção... que até me arrepias! Beijo enorme para ti. pataininiti algarvia
(http://bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:pataininiti@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 09:39
Está muito bonito Dolce... Escreves de uma forma deliciosa! Gostei bastante : )BeijoEssa_Miuda
(http://www.sonhadorainata.blogs.sapo.pt)
(mailto:Essa_Miuda72@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 16:47
Dolce, doce este poema, que envolve finais do dia e silencios. Adoro a forma como a Dolce escreve, peosia feita de brilhos e de tinidos. Para ti Dolce um muito obrigada, e um beijo manso ::)))igara
(http://www.bloguiando.blogs.sapo.pt)
(mailto:igara@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 12:33
Igara, muitos parabéns por além das "joias da tua coroa" aqui colocares, para nosso prazer, "joias de outras coroas", particularmente da "Dolce" que é uma das minhas favoritas para ti um beijo manso ;) (como costumas dizer) e para A Dolce-Fare-Niente beijos, abraços e saudades ;) (já não falo com ela há muito)

p.s. : apesar de tanta "coroa" devo,a bem da verdade, declarar que não sou monárquico.Vlad
(http://naoha3semduas.blogs.sapo.pt/)
(mailto:thevlad@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Mudei-me!!!!!

. Ora bem.....

.

.

.

.

.

.

.

.

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds