Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2006

Ser.

dualidade.jpg


Ninguém ao certo me conhece


ou me viu passar nas lonjuras do celeste


ou nos brandos arvoredos.


E contudo...sou tão do longínquo


como da baixa ramagem.


Sou. O grito da gaivota no céu,


o silêncio morno da terra adormecida.


A boca que morde, o beijo que demora,


A mão que afaga, que dá e que tira.


Sou. A Obra e a Obreira.


A corda que amarra e o nó desfeito.


Sou. O Mel e o Fel.


Feneço aqui e ali para meu canto elevar.


Sou cruel.


Tempero a palavra amarga com sal,


alastro a ferida e te pergunto,


quase gentil, sem direito,


“como estás?”.


Tempero fogo com frio,


poção de trevas e luz.


Sou. A aurora e o olhar que a vigia.


Meu segredo, quem o adivinhou?


....Quem alcançou minha prece?


Nestes temperados contrários,


avesso, direito e adverso,


ninguém sabe quem sou...


se o espelho e a imagem,


se o choro e o riso.


Sou. A que parte e a que fica, 


a lágrima de fugida num qualquer cais.


Absurda sensação de tudo e nada reunir!!!


Assim Ser e Não Ser.


Que Ser? Serei?


Mil vezes abro a boca...e nada digo.


Nos vossos olhos semeio sorrisos


que ganho ao tempo


em troca de beijos adiados....


Neste (in)verso... me sinto doce,


como um fruto novo.


Na mor quietação da alma,


pressagio, apenas,


...saber ao que vim!


@utor: Over_the_Rainbow

</blockquote>
publicado por igara às 15:32
link | favorito
De Anónimo a 10 de Janeiro de 2006 às 17:46
belo poem q nos faz pensar no proposito das nossas vidas, o q nos traz p ca ... digo eu q n percebo nada distoPasso
(http://www.versus.sapo.blogs.pt)
(mailto:passodianisto@hotmail.com)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Mudei-me!!!!!

. Ora bem.....

.

.

.

.

.

.

.

.

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds